Você já experimentou combinar um cigarro da maconha com um bom vinho? Há muitos apreciadores de um 420 com essa harmonização, e essa notícia vai deixá-los felizes.

Surgiu na Califórnia, em 2013, o primeiro vinho feito de maconha do mundo!

Vinho de maconha? Como assim?

É isso mesmo que você leu. A partir do extrato de canabidiol e sementes de maconha, a empresa Mary Jane Wines produz duas versões de um refinado vinho de maconha: malbec e chardonnay.

Segundo os criadores, a ideia é proporcionar um meio de consumo da maconha para quem não pode inalar a fumaça da erva.

Apesar de parecer um produto gourmet, o vinho tem o objetivo principal de ajudar quem necessita de cannabis para tratamentos medicinais, e você precisa de uma licença de uso médico de maconha para conseguir comprá-lo.

Além do vinho de cannabis, a marca também tem cafés e sucos de uva harmonizados com a erva! Você pode conhecer mais do que eles fazem no site.

Mas quanto custa?

Se você quer saborear essa novidade, prepare-se, pois não é barato: cada garrafa sai entre 120 e 400 dólares.

Sem contar que substâncias compostas de álcool e maconha são proibidas em muitos estados — incluindo os legalizados. Então, por enquanto, você precisa viajar para o estado da Califórnia se quiser provar a bebida, pois só lá é permitido o consumo e a venda dessa mistura.

E dá onda?

Pelo que conta quem já experimentou, o vinho não chega a dar um barato igual ao consumo da erva do jeito tradicional, causando mais um relaxamento e uma boa noite de sono.

Isso acontece por que apenas o composto CBD da é usado na bebida, e o THC — que é o que dá onda na maconha — fica fora do vinho.

Há outras marcas de vinho de maconha?

Dois anos depois do surgimento do Mary Jane Wines, um grupo de especialistas em vinho, também na Califórnia, criou o CannaWine, outra versão dessa bebida tão curiosa.

O foco também é medicinal e, segundo os criadores, trata-se da combinação de “novas sensações, criatividade, inovação e sabores reais. É um produto pioneiro que combina o melhor da indústria de fabricação de vinho com a exuberância da cannabis.”.

O vinho é aromatizado com extracto de maconha, possui 14,5% de teor de alcoólico e custa por volta de US$400.

Existem outras bebidas feitas de maconha?

Sim! A mistura de álcool e cannabis não é tão rara e há diversas cervejas feitas com a erva.

Você pode encontrar as principais marcas nesse link. No entanto, a venda e a importação ainda não é autorizada no Brasil, e você precisa visitar os países produtores para apreciar essas combinações. 

Mas há ainda uma marca que combina álcool e maconha de uma outra maneira. Você já ouviu falar do  The Knockout? Esse acessório transforma sua garrafa de cerveja em um bong, permitindo que você fume maconha e beba cerveja ao mesmo tempo!

Duvida? Confira esse vídeo aqui que demonstra como funciona esse estranho apetrecho. 

Gostou de saber sobre o vinho feito de maconha e as outras bebidas canábicas? Então compartilhe essa novidade com seus amigos no Facebook!